Inspiração

Mãe solteira se forma em Harvard com seu bebê nos braços

A história de Briana Williams, mãe solteira, com apenas 24 anos de idade, é um ótimo exemplo de motivação para todas as mulheres que têm um filho em casa e que não têm o apoio de seu parceiro.

Mãe solteira se forma em Harvard com seu bebê nos braços

A história de Briana Williams, mãe solteira, com apenas 24 anos de idade, é um ótimo exemplo de motivação para todas as mulheres que têm um filho em casa e que não têm o apoio de seu parceiro.

Briana tornou-se mãe desde muito jovem, enquanto ainda cursava direito na Universidade de Harvard, uma das mais prestigiadas do mundo.

Para sua má sorte, quando Briana soube que estava grávida, seu parceiro não quis cuidar da criança e os deixou à sua sorte, deixando toda a carga nas mãos dela.

A chegada desse bebê parecia ser um obstáculo na sua formação profissional, mas Briana estava convencida de duas coisas: ela queria terminar seus estudos e queria ser a melhor mãe do mundo para a menina.

Com essa motivação à porta, Briana trabalhou mais do que nunca em seus estudos e, ao mesmo tempo, teve os cuidados necessários para o desenvolvimento de seu bebê.

Apesar de não ter sido uma tarefa simples, Briana não desistiu e o dia esperado chegou. Seu bebê estava pronto para entrar no mundo, mas naquele dia ela tinha um exame de Direito da Família, por isso, pediu ao médico para injetar anestesia epidural para que isso não interferisse em seus estudos.

Finalmente, a bebê nasceu em abril do ano passado, trazendo consigo a maior alegria que Briana havia vivido e, por sua vez, um sentimento de orgulho que não se encaixava em sua alma.

Há alguns dias, Briana apresentou sua filha com o mundo da melhor maneira no dia de sua formatura. Com Evelyn, seu bebê carregado em um braço e, por outro lado, seu título de Juris Doctor, Briana não conseguia parar de sorrir

Esse mérito abre um panorama para todas as mães solteiras que acreditam que não podem com a responsabilidade de criar um bebê sozinhas, pois demonstra que quando você realmente quer algo, pode conseguir sim, quando se luta com o coração.

Parabéns a Briana por seu bebê e sua formatura e boa sorte nesta nova etapa de sua vida!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

6 Comentários

  1. ketib kelian disse:

    Solteira é estado civil….chamem de mãe solo…..

    • Rodrigo Magalhães disse:

      E qual o estado civil dela? Se for casada, subentende que tem um pai. Se alegarem que ela queria ser mãe, sem um pai para criança , por conta própria, não deveria chorar as dificuldades de ser mãe solteira.

  2. Rosane disse:

    Parabéns a ela que como outras milhares conseguem seguir com a vida e cuidar dos filhos, e mais parabéns ainda para aquelas que escolhem a hora exata que desejam e podem ser mães, usando muitas vezes mais de dois métodos associados para evitar uma gravidez sem planejamento. Cada um com suas lutas…

  3. JULIANA disse:

    Concordo com a Ketib! Solteira é estado civil! A matéria precisa ser corrigida! Mães que não tem apoio paterno são mãe solo. Há muitas mães que são divorciadas e tem apoio dos pais dos filhos, mães que não se casaram, são solteiras, e tem apoio dos pais dos filhos. Mãe solo é mãe que não tem apoio paterno. Corrijam!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.