Curiosidades

Terremoto que matou mil pessoas no Afeganistão nesta quarta-feira é considerado o mais mortal das últimas décadas

Terremoto que matou mil pessoas no Afeganistão nesta quarta-feira é considerado o mais mortal das últimas décadas

O terremoto ocorrido no Afeganistão nesta quarta-feira teve magnitude de 5,9 é considerado o mais mortal das últimas décadas.

«O saldo chegou aos 1.000 mortos e este número está a aumentar. As pessoas cavam sepultura após sepultura”, disse o chefe do serviço de Informação e Cultura da província de Paktika, Mohamad Amin Huzaifa, em mensagem à imprensa.

O terremoto de magnitude 5,9 ocorreu uma área remota no leste, perto da fronteira com o Paquistão, causando danos generalizados e deslocando milhares de pessoas. O terremoto foi sentido em Cabul, capital do país, que fica a cerca de 200 quilômetros ao norte do epicentro.
“Até agora, de acordo com as informações que temos, pelo menos mil pessoas morreram e 600 ficaram feridas”, disse o vice-ministro de Desastres Naturais, Sharafuddin Muslim, em entrevista coletiva.

Muitas organizações humanitárias internacionais deixaram o Afeganistão desde que o Talibã assumiu o controle, então os esforços para resgatar vítimas provavelmente serão desafiadores.

De Roma, o Papa Francisco expressou sua solidariedade com as vítimas do terremoto e disse esperar que “com a ajuda de todos, o sofrimento do amado povo afegão possa ser aliviado”.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.