Fofura

Casal gay brasileiro teve gêmeos com genes de ambos os pais: “O amor se multiplicou”

Casal gay brasileiro teve gêmeos com genes de ambos os pais: “O amor se multiplicou”

A tecnologia avança a cada momento e sentimos o impacto disso através de diversas melhorias em nosso cotidiano. Além disso, está se tornando cada vez mais fácil para casais do mesmo sexo terem filhos com os seus próprios genes, tudo graças a tecnologia. No Brasil, foi relatado o primeiro exemplo de filhos nascidos de um casal gay com genética de ambos os pais.

Gustavo Catunda e Robert Rosselló tiveram gêmeos, a quem deram o nome de Marc e Maya. O casal estava procurando um meio de se tornar pais há muito tempo e agora conseguiram, e com o bônus adicional de que seus filhos são geneticamente relacionados a eles.

Gustavo Catunda y Robert Rosselló

De acordo com informações do G1, todo este feito se deve graças à uma resolução do Conselho Federal de Medicina, que permitiu o uso de óvulos de parentes para gravidez. O sêmen de Robert e o óvulo da irmã de Gustavo foram utilizados. Por fim, os bebês foram carregados no ventre de Lorenna Resende por 35 semanas.

As crianças vinheram ao mundo dessa maneira e o casal foram rápidos em expressar sua felicidade nas mídias sociais. Eles também iniciaram uma conta no Instagram para compartilhar fotos de seus filhos desde o ventre até o nascimento. “É o resultado da nossa história de amor”, disseram eles.

Gustavo Catunda y Robert Rosselló

“Sempre sonhamos em ter filhos. Foi uma conversa que tivemos como amigos . Sempre dissemos que nossos filhos brincariam juntos . Uma das primeiras conversas que tivemos foi: ok, e agora, como vamos ter filhos?”, disse Gustavo.

“Tentamos agir o mais tranquilo possível, mas todas as etapas são exaustivas. Foi um processo muito agradável para nós. Sempre digo que foi o nosso maior milagre ”, acrescentou Gustavo, que ainda afirma que sempre tiveram o apoio da família .

Gustavo Catunda y Robert Rosselló

Os dois pombinhos agora só querem curtir seus pequeninos e lhes dar todo o amor que merecem.. “Já éramos um casal onde havia muito amor, e agora se multiplicou. Espero que nossa família mantenha a tradição de carinho, companheirism, fidelidade, pois sei que a família é a base de tudo. Espero que sejamos essa base para nossos filhos”, disse Gustavo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.