Histórias reais Vinicius Delmondes

Mulher emprestou o celular à filha de 5 anos e ela gastou mais de R$ 3 mil em brinquedos

Uma história inusitada chamou a atenção dos internautas recentemente, envolvendo uma menina de apenas 5 anos que realizou uma compra inesperada de mais de R$ 3 mil em brinquedos usando o celular de sua mãe.

Jéssica Nunes, de 26 anos, permitiu que sua filha, Lila, brincasse com seu celular por um momento, sem imaginar o que estaria por vir. Pouco tempo depois, Jéssica recebeu uma notificação da Amazon informando que um pedido havia sido enviado. Ao verificar seu histórico de pedidos, ficou atônita ao descobrir que Lila havia comprado cinco motocicletas, um jipe de brinquedo e diversos pares de botas de caubói.

“Inicialmente, pensei que se tratava de algum tipo de cobrança fraudulenta”, disse Jéssica, “mas, para minha surpresa, os brinquedos estavam lá no meu histórico de compras.”

Ao invés de punir a filha pelo incidente, Jéssica decidiu transformar a situação em uma oportunidade de aprendizado. Ela conversou com Lila sobre a importância do dinheiro, da responsabilidade e do trabalho árduo para conquistar aquilo que desejamos. “Expliquei a ela que queríamos comprar uma bicicleta, mas que isso é algo que precisamos conquistar com esforço e paciência, não apenas algo que podemos ter de imediato”, explicou a mãe compreensiva.

Jéssica tomou as devidas providências e entrou em contato com a loja para iniciar o processo de devolução dos produtos. No entanto, ela enfatizou a importância dos pais acompanharem de perto as atividades das crianças em dispositivos eletrônicos, bem como estabelecerem senhas e ensinarem a elas o verdadeiro valor do dinheiro.

O episódio serviu como uma lição tanto para Jéssica quanto para Lila, ressaltando a necessidade de cautela e supervisão em uma era digital em que as crianças têm acesso a uma variedade de conteúdos e possibilidades de compra.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.