Histórias reais

Vendedor ambulante realiza sonho de se formar na faculdade aos 52 anos

Vendedor ambulante realiza sonho de se formar na faculdade aos 52 anos

Samuel é um vendedor ambulante, paranaense, recém-formado aos 52 anos. O homem trocou pipocas e salgadinhos em uma espécie de carrinho, isso permitiu que ele construísse uma carreira e não poderia estar mais feliz com a conquista. Tanto que resolveu compartilhar esse sucesso nas redes sociais e imediatamente emocionou os usuários.

instagram @professor_samuel_da_pipoca

Segundo o médium Metrópolis , Samuel teve uma infância difícil porque abandonou a escola desde muito jovem para se dedicar ao trabalho. Sua família era de baixa renda, então Samuel teve que trabalhar para ajudar financeiramente em casa. E apesar de estar longe da sala de aula, Cardoso desenvolveu um amor inexplicável pela leitura.

instagram @professor_samuel_da_pipoca

Aos 15 anos, Samuel sempre carregava consigo um livro, história em quadrinhos ou história. Nessa época ele trabalhava em uma mina e aproveitava os intervalos para começar a ler. E assim ele continuou sua vida, trabalhando e lendo sem pensar em se aventurar em um curso universitário.

instagram @professor_samuel_da_pipoca

No entanto, a decisão de fazê-lo foi tomada aos 40 anos, após ser rejeitada para um emprego. Cardoso preenchia todos os requisitos do perfil, exceto os estudos, já que não havia concluído o ensino médio. Então ele se mudou para uma zona rural onde tudo era mais barato e retomou as aulas. Lá também descobriu o gosto pelo inglês e a partir disso, Samuel começou a buscar uma graduação.

Finalmente ele encontrou e colocou todo o seu esforço para entrar, resistir e se formar. Isso foi possível graças à venda de pipoca fora das festas e nas ruas. Depois de vários anos, Samuel conseguiu se formar na Universidade de Uberaba , em um curso da Rede de Educação a Distância .

instagram @professor_samuel_da_pipoca

Mas a história não para por aí porque o homem ainda quer continuar estudando e pretende fazer uma pós-graduação. Apesar de ter 52 anos, ele não vê a idade como impedimento para continuar os estudos, pois acredita que a educação é a chave para progredir.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Marcos Xavier disse:

    E que curso ele fez filho de Deus?! :/

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.