Inspiração

Estudantes criam papel de folhas caídas de árvores para evitar o desmatamento nas florestas

Estudantes criam papel de folhas caídas de árvores para evitar o desmatamento nas florestas

Valentyn Frechka era um estudante de 19 anos nascido na Ucrânia quando começou a trabalhar em um projeto científico para converter folhas caídas de árvores ou arbustos em papel biodegradável e sacos de ‘papelão’ . Depois de trabalhar por muito tempo, Valentyn Frechka está atualmente executando um projeto chamado “Re-Leaf Paper”.

Com essa atividade, ele começou a criar sacos de papel e a embalar material a partir da fibra que é extraída das folhas caídas das árvores.


A pequena empresa liderada por Valentyn está localizada na cidade de Zhytomyr, Ucrânia, localizada a 140 km a oeste da capital, Kiev. O principal objetivo desta empresa é diminuir o efeito negativo da criação comum de papel.

Valentyn Frechka era um estudante de 19 anos nascido na Ucrânia quando começou a trabalhar em um projeto científico para converter folhas caídas de árvores ou arbustos em papel biodegradável e sacos de ‘papelão’ . Depois de trabalhar por muito tempo, Valentyn Frechka está atualmente executando um projeto chamado “Re-Leaf Paper”.

 Publicidade

Com essa atividade, ele começou a criar sacos de papel e a embalar material a partir da fibra que é extraída das folhas caídas das árvores.


A pequena empresa liderada por Valentyn está localizada na Ucrânia. O principal objetivo desta empresa é diminuir o efeito negativo da criação comum de papel.

Valentyn também fez parte de uma empresa fabricante de papelão na cidade em 2018, onde adquiriu conhecimento sobre a indústria papeleira, e com a qual se uniu para realizar o projeto “Re-Leaf Paper”. Valentyn afirma que sua iniciativa pode acabar com o corte de árvores para a fabricação de papel comum e que os resíduos de sua invenção podem ser reaproveitados para diversos fins.

“Folhas são resíduos que muitas vezes são desperdiçados”, disse Valentyn à rede de notícias Reuters. “É uma oportunidade para os clientes usarem embalagens ecológicas.”

Em outubro de 2020, o projeto Re-leaf Paper entregou seu primeiro lote de papel forte, produzido apenas com as folhas coletadas em grandes parques na cidade de Kiev e em diferentes comunidades urbanas onde as folhas eram desperdiçadas, uma vez que não serviam de composto para a terra . Com esta primeira conquista, Valentyn aguarda propostas de diferentes empresas ao redor do mundo para se juntar a esta nova metodologia ecológica de fabricação de papel.

A revista Forbes da Ucrânia lembrou Valentyn em sua lista dos 30 melhores ucranianos com menos de 30 anos em 2020.

Com informação eltierrero

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.