Animais

Elefante reconhece veterinário que cuidou dele há 12 anos na Tailândia

Elefante reconhece veterinário que cuidou dele há 12 anos na Tailândia

Plai Thang é um elefante de 31 anos que vive na floresta de Rayong, no leste da Tailândia. O elefante foi tratado em 2009, quando estava gravemente doente, já se passaram 12 anos; o elefante encantador reconheceu o veterinário que o cuidou na época.

Quando Plai Thang viu seu velho amigo, ele imediatamente esticou sua trompa para cumprimentá-lo e tocar a mão do veterinário. O encontro comovente conseguiu ser gravado na câmera.

O elefante sofria de tripanossomíase e foi levado para a Organização da Indústria Florestal na província de Lampang para tratamento por funcionários do Departamento de Parques Nacionais, Vida Selvagem e Conservação de Plantas, de acordo com o Daily Mail.

FACEBOOK/ ภัทรพล ล็อต มณีอ่อน

O veterinário Pattarapol Maneeon tratou do elefante que estava à beira da morte, seu corpo estava inchado, ele tinha febres muito altas e seu apetite havia desaparecido completamente. Além de sofrer de anemia e inflamação nos olhos, ela também apresentava rigidez nas costas e nas pernas.

Depois de receber tratamentos para suas condições, vários meses depois ele foi solto na floresta.

FACEBOOK/ ภัทรพล ล็อต มณีอ่อน

Há poucos dias, enquanto fazia algumas patrulhas na área, o Dr. Pattarapol conseguiu reconhecer os sons do elefante que conheceu há 12 anos. O veterinário fez alguns sinais para o elefante e ele imediatamente se aproximou do homem e eles interagiram por alguns momentos, ele tem certeza que Plai Thang o reconheceu.

O veterinário empolgado com aquele reencontro fez um post no Facebook e disse:

“Nós nos lembramos um do outro… 12 anos depois … O primeiro caso de elefantes selvagens adoecendo com tripanossomíase, um parasita no sangue.”

FACEBOOK/ ภัทรพล ล็อต มณีอ่อน
 Publicidade

Os elefantes são reconhecidos como o animal oficial da Tailândia e sua preservação e cuidado são muito importantes. Estima-se que existam entre 3.000 e 4.000 elefantes em todo o país, sendo que metade deste número vive em reservas naturais e a outra parte é domesticada.

FACEBOOK/ ภัทรพล ล็อต มณีอ่อน

Dr. Pattarapol também escreveu em seu post:

“Recentemente, nós nos encontramos novamente. Nós nos lembramos um do outro… Nós nos cumprimentamos. No segundo em que nos tocamos, ouvi o grito desse elefante selvagem em um tom de voz que eu nunca tinha ouvido falar de nenhum elefante antes.

Com informação animalesqueridos

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. zovrelioptor disse:

    I think this is one of the most vital information for me. And i’m glad reading your article. But should remark on some general things, The site style is great, the articles is really nice : D. Good job, cheers

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.