Inspiração

Com apenas 12 anos, ele abriu uma escola em seu quintal para ajudar outras crianças

Com apenas 12 anos, ele abriu uma escola em seu quintal para ajudar outras crianças

Este menino é uma grande inspiração, pois não só ajuda as crianças, mas também os adultos que frequentaram a escola. O nome dele é Leonardo Nicanor e, há 5 anos, vendo como um de seus amigos precisava de ajuda para resolver suas tarefas, ele se aproximou e o ajudou. E assim ele continuou a ajudar seu amigo, mesmo assim, com o tempo, mais crianças chegaram para o menino dar sua ajuda.

Foi assim que a escola começou a se formar. O garoto nomeou a escola “Pátria e União”, seus alunos pequenos o chamaram Professor Nico. Seu objetivo é ajudar todos os membros independentemente da idade.

Hoje, a escola tem 36 alunos matriculados. O menino organizou 6 níveis dentro dos quais os alunos são distribuídos de acordo com o conhecimento acadêmico.

Ele frequenta as aulas pela manhã e à tarde ensina seus alunos, é pesado, pois ele é o único professor. Então ele precisa se organizar para percorrer todas as salas e ensinar os materiais básicos.

Em geral, os alunos têm a mesma idade de Leonardo, e também há alunos mais novos. Ao mesmo tempo, há pessoas excelentes como Mirta, que com seus 40 anos vai todos os dias à escola ‘Pátria e União’ ‘, para ler e escrever. A mulher se sente muito grata ao garoto, por sua dedicação e também por estar aprendendo a escrever.

Infelizmente, a escola é um espaço com grandes necessidades, os poucos recursos que a avó de Leonardo possui não cobrem. De qualquer maneira, o garoto se organizou para que todos pudessem ter sua sala de aula.

Um verdadeiro exemplo a seguir

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

55 Comentários

  1. Anônimo disse:

    Gostaria muito de saber,onde fica?
    Poderia até mesmo ajudar,sou psicopedagoga e sou de São Paulo.
    Obrigada
    Tia Nete

  2. Anônimo disse:

    TB quero saber o endereço

  3. Vera Lucia Brassioli disse:

    Gostaria de saber onde fica a escola pois se pudesse ajudar?
    Muito lindo o trabalho genial do Leo.

  4. Cristina Almeida disse:

    Olá sou Professora e gostaria muito de poder ajudá-lo.

  5. Lia Veiga Silva disse:

    Magnífica atitude com podemos ajudar e onde fica este lugar?
    Desejo mto sucesso
    Abc lia Veiga

  6. Kleber disse:

    Meus parabéns professor, que Deus possa te ajudar a alfabetizar muitos outros alunos também!!

  7. roque siebeneichler disse:

    enquanto não começamos da mossa parte, os grandes recursos nunca chegarão…..

  8. Pedro Costa disse:

    Gostaria de ajudar.
    Preciso das o formações para tanto.

  9. lucia disse:

    Olá, meu nome é Martha, peguei esses dados de uma outra reportagem.

    “Leonardo Nicanor Quinteros, ou apenas Nico, tem 12 anos e já criou a sua própria escola. Com o nome de “Patria Unidad”, o colégio oferece educação gratuita para jovens de San Juan, na Argentina.”

  10. Magna Ouriques disse:

    Meu Deus!!!! Quanta maravilha nesse garoto! Cadê impreciso de cidadania? Criem
    Governos, olhem ao seu redor!!!

  11. Maria Lagranha disse:

    Esse menino é um exemplo para todos.
    A escola Pátria e Unidad é na Argentina , mas pode ser um exemplo no Brasil tb, já que tem tantas brasileiras interessadas em ajudar .
    Se cada uma olhar no seu município ou escolas vizinhas vão encontrar crianças e adultos que necessitam de ajuda.

  12. Excelente!
    Tenho pensado em algo assim.
    Ensinar crianças e adultos usando a Bíblia como base, dessa forma aprendem a ler e a escrever e também a conhecer o básico do básico das Escrituras Sagradas podendo a partir dai procurar aumentar o conhecimento e também evitar cair em antros de lobos em pele de cordeiro que desejam apenas tosquiar o rebanho…

    Também ensino de uma profissão seria muito bom para aqueles que não tem uma profissão e que desejam aprender.

    Há uns três anos matriculei-me no Senai aqui de Mairinque para aprender a consertar computadores; mas o sujeito que deveria ensinar não tinha o menor interesse em fazer isso… era pelo pronatec, mas nem assim, recebendo para frequentar as aulas continuei… entrei com desejo de aprender realmente e não de me prostituir por alguns trocados… metade dos que estavam na aula ficavam no celular, outros conversando com o ‘professor’…

    • Anônimo disse:

      Realmente nesse seu curso o professor não ti ha compromisso de fato com o Ensinar e os alunos menos ainda. Quanto a ajudar o Núcleo louvável e merece. Quanto a Ensinar na Escola com o Uso da Bíblia não seria de fato algo tão bom como dizes. O aprendizado daeitura e Escrita ou seja a Alfabetização deve se dar sem Proselitismo Religioso ou Político. A Escola religiosa ou militar não são as que devem imperar. Ensino e exercício da Religião e na Igreja e se chama Catecismo. O CONHECIMENTO e universal e não pode ser sectário via Religião. E o que nos Educadores entendemos e praticamos. Ensino publico gratuito e laico e o que se coloca na Constituição nossa e na da Argentina e tantos outros países.

    • Iolanda Borba disse:

      Acho excelente sua ideia. Também tenho pensado em fazer algo assim. Se ensinassemos os valores bíblicos às crianças e aos jovens não veriamos tanto sofrimento, drogadição, desespero, suicídios, como vemos agora. Se reconhecessemos nossa pequenez e a Grandiosidade do nosso Criador, seríamos mais humildes, sábios e felizes, pois teríamos fé, esperança e amor, como este menino demonstrou ter! Trabalhei 30 anos em escolas confessionais e vi o resultado da educação embasada na Palavra, na vida dos alunos e de seus familiares! Que o Senhor nos ajude a reconhecer quer sem Ele não há verdadeira paz, alegria ou esperança de dias melhores…

  13. Eliane de Mello Garcia disse:

    Realmente nesse seu curso o professor não ti ha compromisso de fato com o Ensinar e os alunos menos ainda. Quanto a ajudar o Núcleo louvável e merece. Quanto a Ensinar na Escola com o Uso da Bíblia não seria de fato algo tão bom como dizes. O aprendizado daeitura e Escrita ou seja a Alfabetização deve se dar sem Proselitismo Religioso ou Político. A Escola religiosa ou militar não são as que devem imperar. Ensino e exercício da Religião e na Igreja e se chama Catecismo. O CONHECIMENTO e universal e não pode ser sectário via Religião. E o que nos Educadores entendemos e praticamos. Ensino publico gratuito e laico e o que se coloca na Constituição nossa e na da Argentina e tantos outros países.

  14. Anônimo disse:

    Gostaria de ajudar ele a crescer mais com escola depoulsiranto todo mesmo um pouquinho pra ele

  15. Francisco saldanha disse:

    Como posso ajudar ? Existe uma conta onde eu possa fazer um depósito para ajudar. Moro em Portugal e quero saber como ajudar.

  16. Anônimo disse:

    Quem escreveu está matéria precisa estudar nossa língua portuguesa. Quantos erros gramaticais, meu Deus!

    • Joana D'Arc Tavares Firmino disse:

      O ser humano só será feliz e dará sua melhor contribuição ao mundo se desfrutar das condições necessárias para desenvolver o talento.
      (Aristóteles)

  17. Irineia disse:

    E muita lindeza para um pequeno só.
    Mas a vontade e o coraçao cheio de amor e de ser servo o torna tão grande e maior que muitas escolas.
    Quem dá recebe , quem planta colhe.
    Aguarde e verás uma escola mais nomeada na nação.

  18. Asistí a esta institución educativa. El niño básicamente no enseña nada que pase más que su (séptimo) año. OK MI OPINION

  19. Gostaria de saber de qual país é o menino. Não está informado na matéria.
    Adorei sua iniciativa. Na escola onde trabalho procure criar uma parceria entre os alunos para um ajudar o outro, é um trabalho difícil.

  20. Maria dos Anjos Abreu disse:

    Lindo ♥️♥️♥️ Maravilhoso ♥️
    Gostava muito de o ajudar
    Como posso fazer ?
    Gostava de saber para onde se pode enviar material para ajudar esse sorriso lindo ♥️♥️ Com um coração tamanho do mundo
    Bem haja ♥️♥️♥️

  21. Anônimo disse:

    Que maravilha…. um menino de Deus…. precisamos seguir este exemplo e tornar-mos ajudadores uns dos outros e assim o nosso mundo vai melhorar. MENINO CORAÇÃO DE OURO.

  22. Júlio José Silva disse:

    Com o nome de “Patria Unidad”, o colégio oferece educação gratuita para jovens de San Juan, na Argentina.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.