“Sou a única mulher que sobrou”: Mãe chora quando suas 3 filhas se identificaram como “não binárias”

Carrie Grant revelou que não tem sido fácil se acostumar com os novos pronomes.

A conhecida apresentadora britânica Carrie Grant em uma recente entrevista revelou que três de suas quatro filhas saíram do armário e agora se indentificam como pessoas não binárias.

A apresentadora, casada com o cantor e comediante britânico David Grant, com quem teve todos os seus quatro filhos, declarou:

“No final do ano passado, houve um momento em que pensei: ‘ah, não tenho mais filhas'”

“Como mãe, sempre quis ter filhas. Eu sou a única mulher que resta na família. Consegui pensar: “Ok, tenho que chorar e seguir em frente.”

O mais antigo dos binários, Olive Gray, de 26 anos, e Tylan, 19, se identificam como não binários e usam os pronomes “eles”. Em seguida, segue Ian, que se identifica como não binário, que continuou sua carreira de ator e interpreta um personagem autista na novela Hollyoaks.

Carrie diz que ainda não está acostumada com os pronomes e às vezes fica confusa, mas pede desculpas e segue em frente.

Ela acrescentou que seus três filhos não binários não estão recebendo nenhum processo hormonal e foram submetidos a cirurgias.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.