Animais

Mulher é demitida do trabalho por faltar após a morte de seu cachorro: “É como perder um filho”

Mulher é demitida do trabalho por faltar após a morte de seu cachorro: “É como perder um filho”

Wendy O’Grady mostrou seu descontentamento depois de ser demitida do emprego pela morte de seu cachorro. Segundo a mulher, foi uma injustiça, pois “é como perder um filho” e estar ausente não era sua intenção, porém, ela não tinha forças.

Seu amado cachorro, Zac, esteve com ela por 12 anos. Ele era um membro da família e foi um conforto que entrou em sua vida, depois de ter enfrentado severas provações. Wendy pede que se discuta esse tipo de caso, pois não se trata de um simples animal, além de toda a dor que sentiu pela perda, ela também teve que passar pelo desagradável fato de perder o emprego.

A história entre Wendy e Zac – um Labrador cor de chocolate – começou em 2009, depois que ela e seu marido tiveram 10 abortos espontâneos em 15 anos. O então cachorrinho, veio preencher um vazio e alegrar os corações daquela casa.

Veja também:  Cachorrinho perdido chora ao receber comida de uma estranha

No entanto, após 12 anos de felicidade completa com Zac, em julho de 2021 ele foi diagnosticado com câncer na coluna vertebral e, em seguida, tudo estava em parafuso. Tratamentos, hospitalizações e muita dor, levaram Wendy e Mike, seu marido, a tomar a decisão de sacrificá-lo.

“Eu nem consigo explicar a dor. Estávamos inconsoláveis. Depois de 12 anos, não vê-lo atender quando cheguei em casa foi de partir o coração ”, foram suas primeiras impressões, de acordo com Wendy. Algo que ele sentiu tão profundo que lembra a “perda de um filho”.

Depois de nomear aquele momento como muito difícil para eles, Wendy não teve forças para se levantar para trabalhar por vários dias: “Eu simplesmente não conseguia conceber a vida.” Decisão que a levou a ter consequências negativas com seu trabalho.

Veja também:  A ave marinha mais velha do mundo consegue chocar um ovo e se tornar mãe aos 70 anos
 Publicidade

Depois de perder o emprego, a mensagem de Wendy é pedir aos patrões e chefes que sejam mais compreensivos sobre a perda de um animal de estimação: “Acho que as pessoas deveriam ser mais abertas e apenas falar sobre isso. Perdemos um membro da nossa família e acho que isso deve ser resolvido. “

 Publicidade

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.