Histórias reais Vinicius Delmondes

Ex-garimpeiro faz supletivo e se torna professor: “Apesar das adversidades, eu venci”

Robson Alves da Silva, aos 48 anos, personifica a inabalável determinação de não deixar nossos sonhos desaparecerem. Ele compartilha uma história de luta, de como persistiu incansavelmente em sua jornada para se tornar um professor. Apenas três anos atrás, seu antigo sonho de infância finalmente se concretizou, apesar das adversidades que o adiaram.

A história de Robson começou como garimpeiro em sua adolescência, em Minas Gerais. Aos 20 anos, mudou-se para Serra, onde encontrou a oportunidade de estudar no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), que na época era conhecido como supletivo. Foi nesse ponto que sua vida deu uma guinada e ele finalmente deu o passo necessário para realizar seu sonho de se tornar um professor.

Robson recorda a luta: “Antes de retornar à sala de aula, em 2009, aos 35 anos, eu tinha apenas concluído a sétima série.” Ele completou seu Ensino Fundamental na EJA da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Jonas Farias, em Nova Carapina I.

Determinado a seguir uma carreira acadêmica, Robson não mediu esforços. Ele terminou o Ensino Médio e obteve uma bolsa de estudos de 100% pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) em 2013. “Decidi estudar História em uma faculdade particular e, no mesmo ano, no segundo semestre, consegui ser aprovado no vestibular para cursar Geografia na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), onde obtive meu diploma em Licenciatura e Bacharelado em Geografia”, ele relata.

Sua graduação foi concluída em 2018, mas ele apenas se submeteu ao processo seletivo para tornar-se professor em 2019, obtendo sucesso e finalmente começando a lecionar em 2020. Antes de ingressar nas salas de aula, Robson trabalhava na indústria de mármore. Hoje, ele é parte do corpo docente da prefeitura da Serra, ensinando na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Belvedere e EMEF Djanira Maria de Araújo, onde atende alunos do EJA, além de alunos do ensino fundamental regular.

Nas aulas ministradas por Robson, o foco vai além dos livros, com ele incentivando seus alunos a participar de projetos práticos, como a construção de um robô hidráulico. Ele acredita que, além de dominar o conteúdo, um professor deve inspirar os alunos a desenvolver suas habilidades e se envolver totalmente com a matéria.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.