Curiosidades

“Não case, cuide de mim”. Filhas pararam o casamento do pai para pedir pensão alimentícia

“Não case, cuide de mim”. Filhas pararam o casamento do pai para pedir pensão alimentícia

Há pais que são o oposto daqueles que realmente cuidam de seus filhos, deixando-os à própria sorte, sozinhos com a mãe para cuidar de tudo. Como resultado, algumas crianças guardam rancor contra seus pais e nunca deixarão de insistir que eles paguem a dívida que devem pelo resto de suas vidas.

Esta é a situação desses quatro irmãos, que interromperam o casamento do pai para exigir que ele lhes pagasse a pensão alimentícia que havia sido atrasada. Adrián Chamorro planejava se casar no município provincial de Pasco.

Ao chegar ao local para firmar a união com a companheira, Chamorro não fazia ideia de que sua filha de 21 anos, assim como as outras três irmãs mais novas, o esperavam exigindo o pagamento da dívida.

A mãe de suas filhas havia falecido há dois anos e elas ficaram sem receber pensão durante todo esse tempo, e por isso, decidiram impedir o casamento do pai e apresentar uma queixa formal.

“Não case, cuide de mim ”, disse uma das meninas, ao repreender o pai no local. Ele tentou acalmar a garotinha, mas o aborrecimento foi maior.

Enquanto isso, a irmã mais velha afirmou que estava sozinha no cuidado e sustento de seus irmãos, e clamou por justiça. “Tudo que eu quero é que ele cuide dos meus irmãos.”

A justificativa do homem é de que não tem dinheiro para sustentá-los, mas que tem o suficiente para se casar. “Depois que minha mãe morreu, eles não receberam um único sol (dinheiro peruano) por dois anos”, explicou ela.

O casamento rapidamente foi interrompido e os responsáveis pela segurança do local interviram para controlar a situação.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.